Post fixo

Refletindo sobre uma questão essencial : a fome – Sergio Granja

Eu quero chamar a atenção para essa formulação marxiana: “a redução do número de horas de trabalho diário é a condição fundamental” do reino da liberdade. Continuar lendo Refletindo sobre uma questão essencial : a fome – Sergio Granja

Avalie isto:

Post fixo

A subdemocracia brasileira – André Márcio Neves Soares

Dessa maneira, o conceito de “subdemocracia” brasileira não está na forma como ela se deu, mas no método a que foi submetida. De fato, na nossa trajetória republicana o povo sempre foi excluído, enganado, marginalizado até, antes de ser reintroduzido na cena política, apenas para legitimar os acordos firmados entre os detentores do poder. Nessa toada, não importa se os governos que se sucederam foram encabeçados por militares, como nos períodos Vargas e na ditadura de 1964-1985, ou não, como no período pós-ditadura. Não à toa, a expressão “República Democrática de Direitos” só foi introduzida na Constituição de 1988. Não que espelhe a realidade, pois continuamos mais para uma “República Oligárquica de Direitos”. Mas é sintomático que, até 1988, a democracia sequer era mencionada na Carta Magna do nosso país. Continuar lendo A subdemocracia brasileira – André Márcio Neves Soares

Avalie isto:

Post fixo

No estômago do monstro: a segunda rodada da CoronaCrise – Maurilio Lima Botelho

O estômago do monstro capitalista inchou de tal modo que sua fome só pode ser abreviada com volumes cada vez maiores de ração monetária. Mas não há cirurgia bariátrica que dê conta disso — estamos próximos de uma catástrofe financeira inédita. Continuar lendo No estômago do monstro: a segunda rodada da CoronaCrise – Maurilio Lima Botelho

Avalie isto:

Post fixo

A informalidade dos informais: desintegração social no Brasil da pandemia- Maurilio Lima Botelho

A pandemia esgarçou o tecido social brasileiro e demonstrou as vísceras de uma estrutura social fragmentada, marcada por extremos econômicos e, principalmente, trouxe à tona a exclusão social, que agora não pode mais ser ignorada. Entretanto, de pouco vai adiantar esse choque de realidade se os instrumentos para enxergá-la permanecem sob os filtros de teorias bolorentas Continuar lendo A informalidade dos informais: desintegração social no Brasil da pandemia- Maurilio Lima Botelho

Avalie isto: