Post fixo

Para não dizer que não falei das flores – André Márcio Neves Soares

Hoje, 21/09/2022, surgiu a notícia (extraoficial) de que o ministério da defesa exigiu que o exército seja o responsável pela validação das urnas. Se isso se confirmar, o cenário é, nada mais nada menos, do que uma nova tentativa camuflada de golpe. No entanto, a sinalização contrária ao golpe vinda dos Estados Unidos, por mais de uma vez, se for a valer como parece, é a pá de cal nas intenções golpistas dos desesperados da vez. Infelizmente, quer queiramos ou não, o adágio que diz que “o que é bom para os Estados Unidos é bom para o resto das Américas” ainda é verdadeiro. Daí a torcida fanática deste escriba pela vitória de Biden contra Trump. Menos por afinidades políticas do que por praticidade. De fato, o “soft power” dos democratas é, nesse momento, menos danoso para nossas eleições do que o “trumpismo” desvairado. Sem a chancela de Washington, são poucas as chances dosmilitares “lesas-pátrias” avançarem contra a ordem democrática nacional. Continuar lendo Para não dizer que não falei das flores – André Márcio Neves Soares

Avalie isto: