Um dia de cão !- Arlindenor Pedro

Acordei sobressaltado. O dia 31 de março de 1964 tinha terminado e o 1 de abril estava começando; nublado, um daqueles dias sem cor que as vezes se apresentam na cidade do Rio de Janeiro. Continuar lendo Um dia de cão !- Arlindenor Pedro

Avalie isto: