Guy Debord e o cinema , ou a redecomposição do espetáculo  – Milton Esteves Jr.

Os filmes de Debord são exemplos da tergiversação situacionista destinada a subverter o espetáculo por meio dos seus próprios suportes (a exemplo do que faziam com pinturas, fotonovelas, emissões de rádio e TV etc.), para neles inserir – ou melhor, “restabelecer” – diálogos reais. Continuar lendo  Guy Debord e o cinema , ou a redecomposição do espetáculo  – Milton Esteves Jr.

Avalie isto:

Reflexões sobre a Melancolia -Arlindenor Pedro

“Por que razão todos os que foram homens de exceção, no que concerne à filosofia, à ciência do Estado, à poesia ou às artes, são manifestamente melancólicos, e alguns a ponto de serem tomados por males dos quais a bile negra é a origem (…)?” (Aristóteles, O Problema XXX, 953 a, 10). Continuar lendo Reflexões sobre a Melancolia -Arlindenor Pedro

Avalie isto:

A questão judaica e a crise da modernidade – Arlindenor Pedro

No Oriente Médio temos uma visão efetiva da tragédia que assola humanidade mas, ao mesmo tempo, por ali se explicitam com agudeza as contradições do mundo contemporâneo, nos dando a oportunidade de exercitar nossa imaginação no novo mundo que virá . Continuar lendo A questão judaica e a crise da modernidade – Arlindenor Pedro

Avalie isto: