The Square – os caminhos tortuosos de uma revolução

Uma revolução não tem um roteiro prefixado ! Ela acontece em um ritmo desordenado, de avanços, recuos, movimentos acelerados e mesmo períodos de total imobilidade . E por isto, é no próprio processo revolucionário que seus integrantes vão amadurecendo e dominando a sua própria complexidade.

Em momentos em que o povo brasileiro , ainda que timidamente se põem em movimento, nada como olhar a experiência do movimento revolucionário de outros povos . E nesse sentido olhar para o processo revolucionário em curso no Egito nos faz pensar sobre os nossos próprios caminhos .

O filme The Square ( A Praça ) é resultado da atuação política da diretora Jehane Noujaim que foi criada nas cercanias da praça que inspirou o título do documentário, a Tahrir, no centro do Cairo. Embora fazendo carreira no exterior , quando tiveram início as manifestações contra Hosni Mubarak, ela voltou para o Cairo e começou a rodar o documentário .Nas ocupações da Tahrir, que persistiram 18 dias, até o ditador ser afastado, Noujaim conheceu a equipe com a qual iria trabalhar e também os personagens do filme que inclusive está concorrendo ao Oscar de 2014.

Arlindenor Pedro

Qual sua opinião ?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s